Bússola do Muito Mar

Endereço para achamento

jjorgecarvalho@hotmail.com

Número de Ondas

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Endurance


Diariamente corro pela estrada
(A mãe, ao portão, benze-se e ri-se)
Perdendo na corrida moderada
Um pouco de barriga e de velhice.

Coimbra, 23 de Agosto de 2012.
Joaquim Jorge Carvalho
[A imagem (foto antiga da rua natal) foi colhidal, com a devida vénia, em http://www.skysrapercity.com.]

4 comentários:

daniel.abrunheiro@gmail.com disse...

Eu cá não corro, que já não sei,
mas ando a pé, que me não canso.
Mas 'vagarinho, ó King!, ó Rei!,
e fumo e bebo qu'é um descanso.

Joaquim Jorge Carvalho disse...

Correr é bom, ah pois é,
Dá saúde e alegria.
Se eu fosse fosse jovem, até
Correria até Leiria!

Hug!

RMiranda disse...

Vai sendo cada vez mais diária a minha caminhada numa direção que me empurra para o portão, para as escadas, para a Mãe... no topo avisto-a com uma felicidade maior do que a minha, apenas porque me vê, apenas porque existo...Alenta-me o seu alento e...até me justifica!

Joaquim Jorge Carvalho disse...

A Mãe é, sbretudo, um essencialíssimo Tesouro! Beijinho, Rosa.